ABAP Júnior, Pleno e Sênior – Matriz de conhecimento

Última atualização: 26/Agosto/2014

No mercado SAP, principalmente no Brasil, as empresas e consultorias adoram separar profissionais SAP (incluindo ABAP) em três grandes grupos.

  • Júnior
  • Pleno
  • Sênior

 

ABAP Júnior

Aquele que está começando na carreira e precisa que lhe digam qual o caminho certo das coisas. Alguém que termina uma academia/curso ABAP tipicamente se encaixa neste perfil.

ABAP Pleno

Aquele que já sabe se virar mas ainda precisa de alguma ajuda para algo mais complexo

ABAP Sênior

Aquele que apesar de nunca saber tudo (pois não dá), tem que ser capaz de resolver qualquer problema que apareça em sua área. Tipicamente um ABAP Sênior tem algum conhecimento um pouco mais profundo em algum módulo funcional.

Sobre a Matriz de conhecimento

Particularmente não gosto desta divisão pois ela é extremamente subjetiva. Ainda, seu uso parece estar muito mais relacionado com a remuneração a ser feita do que com uma possível divisão de carga de trabalho.

Esta página tem como objetivo tornar a divisão entre ABAP Júnior,  ABAP Pleno e ABAP Sênior menos subjetiva. Isso é feito mapeando muitos dos skills técnicos de um profissional ABAP usados no seu dia a dia. Após cada skill há uma definição de qual grupo de profissional deve tê-lo baseado na opinião pessoal do autor desta página. Caso você discorde com as definição posta, leia até o final desta página.

 

Data Type & Data Objects
Skill Júnior Pleno Sênior
Usar Tipos primitivos X X X
Declarar tipos locais X X X
Tipos de variáveis & estruturas locais & tipos de tabela local X X X
Usar variáveis primitivas X X X
Declarar variáveis primitivas X X X
Variáveis simples & work areas & tabelas internas X X X
Usar Work areas e tabelas internas aninhadas X X X
Usar tabelas internas standard & sorted & hashed X X X
TYPE vs LIKE X X X
Usar tabelas internas com header line (cabeçalho) X X X
Usar estrutura SYST X X X
Comandos de work area (move corresponding; clear; etc) X X X
Comandos de tabela interna (APPEND;INSERT;SORT;READ TABLE;LOOP AT) X X X
Declarar field-symbols X X X
Usar Field symbols em LOOPs e READ TABLE X X X

 

 

Lógica Imperativa
Skill Júnior Pleno Sênior
Operadores matemáticos X X X
Funções pré definidas de números e strings (strlen; charlen; etc) X X X
Processamento de caracteres/datas/hora (shift; translate; get time; convert time stamp) X X X
IF & CASE X X X
Comparativos (=;EQ; IS INITIAL; CA; CO;etc) X X X
Laços (DO; WHILE) X X X

 

DDIC
Skill Júnior Pleno Sênior
Criação de domínios X X X
Reutilização de domínios X X X
Criação de elementos de dados X X X
Reutilização de elementos de dados X X X
Criação de tipos de tabela X X X
Reutilização de tipos de tabela X X X
Estruturas & tipos de tabela aninhados X X X
Criação de Tabelas Transparentes X X X
Impactos das configurações técnicas de tabelas transparentes X X X
Tipos de Tabela x Tabelas transparentes X X X
Visões X X X
Traduções para objetos do DDIC X X X
Documentação para objetos do DDIC X X X
Criação de diálogo de manutenção X X X
Customização de diálogo de manutenção X
Criação de transação para diálogo de manutenção X X X
Search Helps X X X
Lock Objects X X X
Type Pools X X X
Utilitário do banco (SE14) X X
SE16 X X X
SE16N X X X
Data Modeler (SD11)

 

ABAP Dinâmico
Skill Júnior Pleno Sênior
SELECT dinâmico X X
RTTS X X
Funções dinâmicas X X
Criar programas dinâmicos X

 

Programação Estruturada (Procedural)
Skill Júnior Pleno Sênior
FORM X X X
Grupos de função X X
Módulos de função X X X
Reutilização de Telas X X
BAPIs X X
Habilitar RFC X X X
Tratamento de exceções procedurais X X X
Macros X X

 

Module Pool
Skill Júnior Pleno Sênior
Criação de Telas X X X
Reutilização de Telas em Grupos de Função X X
PBO X X X
PAI X X X
LOOP AT SCREEN X X X
At exit-command X X X
OK Code X X X
CHAIN & FIELD X X X
Popups & Modais X X X
Sub Telas X X X
Tab Script X X X
Table Control X X
Custom Container X X
GUI Status X X X
Titlebar X X X

 

Orientação a Objetos
Skill Júnior Pleno Sênior
Classes locais X X X
Classe globais X X X
Interfaces locais X X X
Interfaces globais X X X
Estático vs Instanciável X X X
Visibilidade X X X
Herança X X X
Polimorfismo X X X
Eventos X X X
Friends X X
Padrão de Projeto Singleton X X X
Padrão de Projeto Factory X X X
ABAP Unit X X
ABAP Object Services X
Shared Memory Objects X

 

Enhancements
Skill Júnior Pleno Sênior
Estruturas Append X X
User Exit X X X
Customer Exit X X X
BTE X X
Field Exit X X
Search Help Exit X X
BADi X X
Nova Badi X
Enhancements Implícitos X
Enhancements Explícitos X
Enhancements de WDA (ver tabela "Web Dynpro")

 

Web Dynpro
Skill Júnior Pleno Sênior
MVC X X
Componentes Web Dynpro (View & Window & Component Controller) X X X
Desenho de Layout X X X
Criação e Conexão de Links de Navegação X X X
Criação de Aplicação Web Dynpro X X X
Definição de Contexto X X X
Binding de propriedades de layout X X X
Web Dynpro Phase Model X X X
Code Wizard X X X
Screen Design Time Conversion X X X
API Web Dynpro X X
Chamadas de serviço X X
Custom Controller X X
Assistance Classes X X
Web Dynpro Trace Tool X
Cross-Component Design X X
Component Interface X X
Search-Helps & OVS & Input Helps X X
Popups & Mensagens X X
Programação Dinâmica (Contexto-UI) X
Configuração e Adaptação X X
Enhancements X X

 

BSP
Skill Júnior Pleno Sênior Extra
Em breve

 

+ Web & Mobile
Skill Júnior Pleno Sênior Extra
SAP Console X
Standalone ITS X
ITS Integrado X
Javascript X
SAP UI5 X
Web Services X
REST X
OData X
NewWeaver Gateway X
SAP Fiori X
Floorplan Manager (FPM) X

 

SAP Script
Skill Júnior Pleno Sênior
Em breve

 

SmartFroms
Skill Júnior Pleno Sênior
Em breve

 

Adobe Forms
Skill Júnior Pleno Sênior
Em breve

 

 

 

Outros
Skill Júnior Pleno Sênior Extra
Processamento Paralelo X
Streaming X
Debugger Scripting X
BRFPlus X
ABAP on Hana X

Ser um desenvolvedor não significa só saber programação

Esta matriz baseia-se puramente em skills técnicos. Obviamente os skills técnicos contam na hora da entrevista e no dia a dia mas não são os únicos fatores a serem considerados. Por exemplo:

  • Você jamais será um Sênior se não falar inglês.
  • Você jamais será um Pleno se não conhecer a metodologia de desenvolvimento usada na sua empresa.
  • Você jamais será um Júnior caso não consiga se comunicar escrita e verbalmente.

Sugestões de skills

Se você percebeu que algum skill importante em ABAP está faltando na matriz, por favor comente abaixo e eu incluirei. Se você tem uma sugestão mas está 100% que deveria estar na matriz, comente abaixo explicando porquê um ABAP deveria ter este skill.

Discorda com a definição?

Tudo bem, pois como eu disse, esta definição é subjetiva. Caso queira dar seu voto, comente abaixo que você tem interesse. Caso um número considerável de pessoas queiram manifestar sua opinião, eu criarei um Google Forms no qual as pessoas podem responder. Uma vez que tenhamos respostas de várias pessoas eu posso atualizar a tabela desta página não mais com somente minha opinião mas de quem votou.

Importante: só faz sentido dar sua opinião quem já se auto-intitula Sênior. Caso você seja um ABAP Júnior ou Pleno, você provavelmente não tem a experiência necessária para dizer o que um ABAP Sênior deveria saber. Como ninguém nasce Sênior, somente estas pessoas deveriam manifestar o interesse neste caso.

 

Aguardo muitos comentários,

Fábio Pagoti

44 Responses

  1. Fawcs says:

    Streaming? wtf is dat

    • Fábio Pagoti says:

      Oi Fawcs,

      Streaming é uma maneira nova no ABAP de ler e escrever uma grande massa de dados (por exemplo um arquivo XML) no banco de dados. Com esta técnica é possível por exemplo ler um arquivo de 100 MB por partes, um pedaço de 5 MB por vez. Assim a memória interna do programa não estoura.

      Este assunto é abordado no livro The Next Generation of ABAP Development.

      Leia mais em:
      http://help.sap.com/abapdocu_702/en/abenstreams_locators.htm

      Abraços!

      • Fawcs says:

        Bacana isso ai, consigo pensar em algumas aplicações para coisas que já desenvolvi… o f*da eh compatibilidade!

        • Fábio Pagoti says:

          Como assim compatibilidade? Realmente o streaming só está presente nas versões mais recentes do NetWeaver mas isso se resolve com o tempo.

          • Fawcs says:

            Ah sim, eu tenho que desenvolver as coisas compativeis com versões mais antigas do SAP(4.7) =( eu até brinco com essas funcionalidades mas não posso utilizá-las

          • Fábio Pagoti says:

            Ah sim entendo. O importante é se manter atualizado. Por isso o minisap é essencial para se tornar um ABAPer melhor.

  2. Richard Gomes says:

    Parabéns Fábio Pagoti, blog mto bom pra quem quer entra no mundo do SAP ABAP, estou cursando abap e tinha algumas duvidas, sobre ABAP jr. Sucesso Fábio Pagoti

    Obrigado.

  3. Alexandre Eloi says:

    Olá Fábio, bom dia,estou na TI desde 1997 trabalhando com infra e um pouco saturado, andei buscando algo novo e desafiador para fazer e não encontrava nada, mas a empresa que trabalho esta colocando um Business One e comecei a me interessar pelo mundo SAP e com o perfil técnico que tenho logo fui consultar qual era a linguagem de programação usada e logo descobri o ABAP e ao pesquisar sobre o mesmo descobri o seu site, que revela muita coisa legal tanto tecnicamente quanto em termos de carreira entre outras dicas valiosas, fico feliz que atitudes como a sua estejam ajudando pessoas como eu que buscam novos desafios e quem sabe melhores oportunidades, meus sinceros agradecimentos e um forte abraço.

  4. Derik Macedo says:

    Fábio, geralmente uma mudança de nível de Jr. pra Pleno e depois pra Senior leva quanto tempo?

    • Fábio Pagoti says:

      O tempo que você precisa para fazer por merecer.

      • Derik Macedo says:

        Oia rapaz, filosofou bonito kkkk..

        Saquei!

        • Fábio Pagoti says:

          Não é filosofia, é a realidade do mercado. O crescimento profissional no mundo capitalista é meritocrata. Isso não é só em SAP.

          • Derik Macedo says:

            Estava brincando, mas entendi. A dúvida surgiu enquanto eu lia o post. Perguntei antes de pensar.

            No fundo é difícil mensurar esse tempo, mesmo que houvesse uma pesquisa, só iria satisfazer uma curiosidade, pois a realidade de cada um é uma.

  5. Fabiano Pacheco Dutra Camelo says:

    Onde fazer um curso para começar Fabio, em São Paulo

    • Fábio Pagoti says:

      Fabiano,

      Sou instrutor na Ka Solution (unidade Centro). Eu recomendo muito as aulas lá mas não posso decidir por você.

      Bons estudos!

      • igor says:

        Oi Fábio,

        Me formei em ciência da computação em 2006 e desde então nunca trabalhei na área, pois era empresário. Mas hoje estou um pouco saturado do que faço e busco uma colocação. Me recomendaram fazer uma academia SAP. Como fui gestor de empresa, quase caiu para o SAP FI, mas resolvei entender um pouco mai obre esse mundo e me interesse bastante por ABAP, poi gosto na área de desenvolvimento. Estou em contato com o comercial da KA Solution e pretendo fazer a academia em breve. Estou apenas captando recur$o$. Ao terminar a academia, você acha que é difícil encontrar uma colocação no mercado como ABAP Júnior. PS.: tenho hoje 31 anos. A ideia pode ser um problema por nunca ter atuado na TI? Uma amiga era de outra área. De ADM. Fez academia em FI e conseguiu colocação.

        • Fábio Pagoti says:

          Igor,

          Estas dúvidas já foram extensivamente discutidas no site. Recomendo fazer uma busca pela categoria mercado.

          O módulo de FI é um módulo de Finanças e não Gestão.

          Abraços!

  6. Rodrigo says:

    Muito Legal o texto, estou migrando de Júnior para Pleno e acredito que segundo seu texto eu me encaixo perfeitamente como pleno, existem coisas que você colocou somente senior e eu já sei.. estou completando 1 ano e 10 meses de ABAP , e já estou começando a utilizar workflow!

    Valeu pelas dicas vou investir no mercado com menos receio de receber “Bombas” e não saber como resolver! rs

    Flw!

  7. Fabiana says:

    Sou Junior ainda e gostei bastante desses comparativos, ainda mais sabendo que sei bastante conteúdo de Pleno e Sênior…

  8. Fábio Pagoti says:

    Que bom que gostou Fabiana!

    Lembre-se que a lista é puramente técnica e que há expertises ainda não preenchidos (que em grande maioria não são para Jr).

    Abraços!

  9. Marcos Soares says:

    Fabio

    Não sou ABAP, mas gosto de me aventurar e aprender um pouco mais. Também me formei na KA Solution, Morumbi. Legal Goste Muito!

    A titulo de informação…Cheguei aqui por intermédio o GOOGLE , procurando saber mais sobre BADIs. Show! Parabéns esta tudo muito bem explicado de forma didática, com muita clareza, realemente percebo que Você manja muito mesmo, amigo!!.

    Um abraço
    Muito Obrigado

  10. Fábio Pagoti says:

    Nós agradecemos Marcos.

    Bons estudos.

  11. L.Rogerio says:

    Fabio, tenho interesse em me ingressar no mundo ABAP. Estou pesquisando sobre o assunto, porem na net não encontrei nenhum material didático para iniciantes. Você poderia indicar alguma apostila ou algum material para quem quer aprender desde o inicio?

  12. Ricardo Soares Machado says:

    “Você jamais será um Sênior se não falar inglês”
    Acho que para qualquer um dos grupos, isto é fundamental. Também não gosto deste tipo de divisão (assim como as de ingles; básico/iniciante, intermediário, avançado/fluente).

    • Fábio Pagoti says:

      Olá Ricardo! Obrigado pelo comentário!

      Vou ainda mais longe… quantas vezes ouvi pessoas dizerem que “sabem inglês”.. mas não conversação. Para mim é o mesmo que falar que sabe jogar futebol mas só não sabe chutar a bola.

      Abraços!

  13. Bruno says:

    Acredito que a divisão entre junior, pleno e senior seja necessário para as empresas contratantes de profissionais definirem o salário do profissional. O que acho incorreto é vincular essa categorização ao tempo de experiência ou até mesmo às tecnologias que o profissional conhece. Acredito que o profissional deve ser valorizado pela sua capacidade de lidar com situações, principalmente, pelas quais ainda não passou com a mesma destreza que lida com as situações que já tem costume. Além disso acredito que a capacidade de lógica propor soluções técnicas para as necessidades dos clientes seja o grande diferencial. Mas tudo isso que citei é muito subjetivo, demorado e difícil de ser avaliado, portanto muitas empresas recorrem à indicações de profissionais conhecidos, o que dá uma garantia maior. Uma pena que os profissionais juniores não possam se beneficiar dessa prática, pois às vezes, apesar de terem sido ótimos programadores em outras linguagens e terem uma boa destreza em ABAP, são desprezados pelo mercado por não ter uma ampla rede de contatos em SAP.

  14. Marcelo says:

    Olá!
    Business Server Pages é uma tecnologia antiga ou pouco utilizada?
    Lembro que meu instrutor de ABAP comentou que era raro utilizar…

  15. Cesar Brito says:

    Muito bom seu post

  16. Paulo Ricardo says:

    Fabio

    precisa atualizar esses ” em breve” que constam do texto, no mais está otimo

  17. Matheus Corte says:

    2016 e aqui estamos, muito bom o post!!!

  18. Elder Cabral says:

    Super bacana, poderia ser atualizado para os dias de hoje!

  19. Denner Andrade says:

    Bom dia! Achei o post muito pertinente! Acredito que compartilhar conhecimento engrandece a pessoa, fortalecesse a categoria e fortalece relações. Hora provemos, hora recebemos o conhecimento. Sempre trabalhei com outras áreas relacionadas a TI e agora estou com o desafio de me autocapacitar como Abaper. gostaria de pedir para enviar ou criar um post com um estudo dirigido. com muito foco, de abap 0 – chegarei a um nível que consiga ajudar nossos usuários… acredito que esta seja a nossa missão — viabilizar para as pessoas o que elas realizam ou gostariam de realizar.
    aguardo contato.

  1. June 9, 2014

    […] ABAP Júnior vs Pleno vs Sênior […]

  2. July 9, 2014

    […] ABAP Júnior vs Pleno vs Sênior […]

  3. July 21, 2015

    […] como está o mercado ABAP e SAP no geral: quanto se paga de acordo com os tão famosos níveis Jr, Pleno e Sênior, a empregabilidade, duração dos projetos, etc. Este post vem para te dar informações valiosas […]

  4. September 10, 2015

    […] ABAP Júnior vs Pleno vs Sênior […]

Comente e aprenda mais!