ABAP101 ABAP | Open Source | Agile | Programação

Quase um pedido de desculpas…

Quase um pedido de desculpas…

A minha rotina de trabalho na Nestlé é bem estressante. Muita pressão e responsabilidade frente aos nossos clientes internos. Mas a minha maior reclamação é com a burocracia. Para tudo é necessário abrir uma requisição para outro time. Tem time para correção ABAP, criação de partner profile, configuração de XI etc. A mesma coisa para correção de problemas. Muitas vezes sabemos como fazer a correção, mas não podemos mexer no programa, pois há um time para isso. Muitas vezes isso chega a ser frustante! Para quem veio de consultorias, precisei de um bom tempo para se acostumar com essa situação....

Erro no plugin file_column usando Inflector

Erro no plugin file_column usando Inflector

No meu novo projeto Rails eu estou usando o plugin file_column para tratar o upload de arquivos. No entanto, se você usar a versão original do autor que está no repositório SVN, você terá o seguinte erro usando Rails 2.1 ou mais recente: uninitialized constant FileColumn::ClassMethods::Inflector

Primeiro projeto open source em Rails – Reploy

Primeiro projeto open source em Rails – Reploy

No ano passado, eu trabalhei em um projeto Rails para o site da igreja que frequento (IPI). O site não exigiu muitas funcionalidades esdruxulas, então o desenvolvi com certa velocidade. Contando a minha experiência em Rails, creio que o mesmo site estaria pronto em uma ou duas semanas, trabalhando nas minhas horas de folgas. Pra falar a verdade a parte de layout foi a que mais me deu trabalho. Outra coisa que dá um pouco de trabalho é o deploy das alterações que faço localmente. No SAP, temos um sistema de transportes e change requests que torna o deploy uma...

Cinco dicas para se tornar um melhor programador

Cinco dicas para se tornar um melhor programador

De uns tempos para cá tenho reparado um movimento de alguns programadores para tentar divulgar uma cultura de bons programadores. É uma luta contra os programadores ralés, medianos e bunda-moles! Uma luta para que programadores façam códigos bons e não somente códigos que funcionem… Assim, encontrei outra pérola, agora de Josh Tynjala. Leiam! Uma das passagens que mais me chamou a atenção foi essa abaixo: If you stop working on fun side projects, learning new techniques, blogging, and participating in communities, you’re going to eventually fall behind. One day, you’ll discover that all the cool kids are “suddenly” doing things...

Como funciona o Authority Check?

Como funciona o Authority Check?

Problema Criar um programa para gerar um relatório de vôos, filtrando por empresa aérea. Os vendedores só podem visualizar determinadas empresas aéreas e somente gerentes podem visualizar todas as empresas.

Resolva Equações com seu iPhone

Resolva Equações com seu iPhone

Lendo minhas notícias matinais diárias, encontrei essa aqui do Blog do iPhone, sobre um programa para iPhone que resolve equações matemáticas.

Novos Rumos do ABAP 101

Novos Rumos do ABAP 101

Depois de muito refletir, pensar e ponderar, resolvi dar novos rumos para o ABAP 101. Ou seja, não vou mais falar somente de ABAP e SAP aqui, mas sobre tudas as tecnologias que estou trabalhando no momento. Isso inclui o meu dia a dia com SAP e ABAP, mas também meus projetos e aventuras por outros mundos, como Rails e Cocoa. Em resumo posso dizer que para ABAP continuo postando dicas, técnicas de programação e minhas impressões do mercado. Para todas as outras eu vou postar meus “feitos”, dificuldades e qualquer outra informação interessante. Por quê não criar mais um...

Descobrindo e implementando BADIs

Com as versões mais novas de WAS, a SAP vem utilizando cada vez mais novas técnicas de enhancements e modifications. Uma delas é a BADI. BADI significa Business Add-Ins. O conceito é parecido com o do plug-ins do Firefox, ou seja, é uma maneira de estender a funcionalidade original do sistema, sem afetar o funcionamento do mesmo. Comparando com as user-exits, as BADIs têm uma série de vantagens, como por exemplo: Reutilização; Implementações independentes; Possibilidade de ativação de desativação; Fácil localização; Maior “oferta” comparado com as user-exits; Meu objetivo nesse post é focar no método mais fácil de localização dos...

Ufa! Achei que 2008 não iria acabar nunca!

Ufa! Achei que 2008 não iria acabar nunca!

Esse ano de 2008 foi o ano mais cansativo que já tive! Trabalho de coordenação ABAP, aulas na KA Solution, ABAP101, Ruby on Rails, segundo filho, XI e outras coisa menores. Foi realmente um ano puxado para mim. Poderia ter sido mais tranquilo? Claro! Poderia ter visto vários filmes, seriados, novelas, BBB, Orkut, dormido mais etc., mas não consigo ficar parado! Se eu tivesse ficado traquilo não teria aprendido Rails, CSS, conceitos de padrões web e programação Ruby. Se eu tivesse ficado parado não teria aprendido XI (ou PI). Não teria tido meu segundo filho (entenda em não ficar parado...

Níveis de Analista

Níveis de Analista

Se você está com dúvidas sobre a sua carreira, segue abixo os níveis de analista que te espera na sua longa carreira em informática: Analistas 1 Descrição: os Analistas 1 são comummente conhecidos como Analistas baby, ou seja, um pouco mais que estagiários. É a condição necessária para vocês virarem Analistas 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8. Analistas 2 e 3 Descrição: faça o seu dever, cumpra seus prazos, fique algumas vezes depois do horário, faça cursos de aperfeiçoamento, seja sociável e trabalhe em equipe. É necessário destruir plantações de pepinos (pepino = problema). Obrigatório: noções de inglês...