Author: Flávio Furlan

Em Tempo Real

Em Tempo Real

Existia uma época em que se você não soubesse algum assunto, ficaria no escuro por um bom tempo, pois não havia o Google que dava a resposta procurada quase de maneira instantânea. Você tinha que esperar chegar o livro na livraria local (não existia Amazon) e até lá você ficava ignorante no assunto.

SAP on HANA

Está na hora de nossos leitores entrarem em contato com HANA e o entender o que isso mudará em suas vidas de ABAPers. Preparado para o SAP on Hana?

Recursividade em ABAP

Uma das técnicas de programação mais incompreendida e evitada, também é umas das mais poderosas, a Recursividade. Eu precisei usar a recursividade apenas uma única vez na vida com ABAPer e o resultado foi muito interessante. Nesse texto eu vou resolver um problema muito simples usando recursividade, exponenciação.

Aplicação do Design Pattern: Factory

Aplicação do Design Pattern: Factory

Depois de falarmos do Singleton, está na hora de falarmos de outro padrão de projeto, o Factory. O Factory é mais difícil de entender do que o Singleton. Mais do que isso, mais difícil de mostrar alguma aplicação prática. Nesse post eu mostrarei as duas coisas, explicar o funcionamento do Factory, bem como sua aplicação.

Importanto e Exportanto Uma Tabela Interna – Módulo de Função

Importanto e Exportanto Uma Tabela Interna – Módulo de Função

Estava procurando algum assunto para escrever, e uma luz do céu e-mail chegou com uma dúvida e que em todas as turmas da Academia ABAP tem, como importar ou exportar uma tabela interna para um módulo de função ou método. A solução pode ser respondida com uma simples frase: “Use um Table Type (Categoria de Tipos)”. Só com isso já seria suficiente para você sair do outro lado, mas fazendo jus ao “101” do nome do site, vou explicar passo a passo como fazer em um módulo de função. No próximo post, eu explicarei como fazer em um método.

Tratamento de Exceção – Propagação e CLEANUP

Tratamento de Exceção – Propagação e CLEANUP

Quando eu explico tratamento de exceção na academia ABAP, o pessoal não dá muita bola, até porque os alunos ainda estão tentando se recuperar das aulas de polimorfismo e interface, mas entender o funcionamento dela é vital para desenvolver boas soluções usando orientação a objetos (não somente para aprender a escrever a palavra exceção). Nesse post, vou explicar dois conceitos ligado ao tratamento de exceções baseado em classes, propagação e comando CLEANUP.